Salada Verde

Desmatamento na Amazônia cai pelo sétimo mês consecutivo

Número de alertas registrados pelo INPE em setembro deste ano foi 57% menor do que a cifra do mesmo período em 2022

Cristiane Prizibisczki·
6 de outubro de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O desmatamento continua em queda na Amazônia em 2023. Até o dia 29 de setembro – data da última atualização realizada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) nos números – o órgão registrou alertas para 590,3 km². 

Segundo dados divulgados no final da tarde desta sexta-feira (6) pelo Governo Federal, considerando todo o mês de setembro, a queda foi de 57%. Este é o sétimo mês consecutivo de queda no número de alertas.

Somente no mês de fevereiro de 2023 o desmatamento na Amazônia apresentou alta. Em todos os outros meses do ano, os números foram menores do que aqueles registrados em 2022. Segundo nota do governo federal, de janeiro a setembro a redução na destruição do bioma foi de 49,5%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em setembro de 2023, o estado que mais desmatou foi o Pará, com 282 km² de alertas gerados, seguido pelo Mato Grosso, com 117 km², Amazonas (95 km²), Rondônia (45 km²), Acre (19 km²), Roraima (15 km²) e Maranhão (15 km²), Amapá (3 km²). Tocantins não registrou desmatamento no período.

Entre as medidas aplicadas no bioma, o Ibama aumentou em 139% os autos de infração por crimes contra a flora de janeiro a setembro em relação à média para o mesmo período nos últimos quatro anos. Os embargos (proibição do uso de áreas desmatadas ilegalmente) cresceram 98%, as apreensões de bens, 76%, e as destruições de equipamentos usados em crimes ambientais, 145%.

Houve apreensão de mais de 4,5 mil cabeças de gado, 30 aeronaves e 36 toneladas de cassiterita, entre outros bens. Também foram bloqueados 2 milhões de metros cúbicos de créditos virtuais fraudulentos no sistema de controle de produtos florestais. O Ibama realizou operações em 85 Terras Indígenas desde janeiro.

Dos 280 mil hectares embargados com a retomada das operações remotas no início deste ano, 213 mil ha ocorreram em áreas privadas, e 67 mil ha, em terras públicas.

*Texto atualizado às 20h09 para inserção de informações do Governo Federal.

  • Cristiane Prizibisczki

    Cristiane Prizibisczki é Alumni do Wolfson College – Universidade de Cambridge (Reino Unido), onde participou do Press Fellow...

Leia também

Notícias
6 de outubro de 2023

2023 deve ser o ano mais quente da história

Serviço climático europeu mostra que setembro foi 1,75 °C mais quente do que a média pré-industrial para o mês, batendo todos os recordes

Notícias
23 de agosto de 2023

Emissões de CO2 na Amazônia aumentaram 122% durante primeiros anos de Bolsonaro

Aumento é resultado do declínio na aplicação de leis ambientais, mostra estudo publicado na Nature. Cifra é referente a 2020, em comparação com média entre 2010 e 2018

Salada Verde
7 de agosto de 2023

BR 319 já gerou 5 mil km de ramais em quatro municípios do Amazonas

A rodovia federal potencializa a grilagem de terras, o desmatamento e a degradação da floresta equatorial

Mais de jogos xbox

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.