Reportagens

Esquimós: vivendo o aquecimento global

Em passagem por SP, líder esquimó contou que, desde 1960, geleira na Groenlândia retrocedeu cerca de três quilômetros. Anos sucessivos de calor recorde criaram perigosos rios de degelo.

Redação bet é permitido no brasil·
20 de agosto de 2008·16 anos atrás

No verão de 1963, quando a expressão “aquecimento global” era ainda insípida, dois jovens caçadores esquimós perceberam que, do alto de uma das grandes geleiras da Groenlândia, vertia um rio formado pelo degelo. Era o “Big Ice”, então com 7,5 quilômetros de extensão e 1,5 quilômetros de altura, que começava a derreter.

                                                                                                                                                                  • Esquimó Angaangag (Foto: Divulgação)
                                                                                                                                                                    Esquimó Angaangag (Foto: Divulgação)
                                                                                                                                                                    Segundo eles, ninguém mais pode parar o degelo. “Teríamos, por exemplo, que parar de guiar por muitos anos, e isso não vai acontecer”, diz Angaangag. Para as comunidades de esquimós, é tarde demais. O que resta fazer é rezar, pedindo para que o coração dos homens também se “derreta”, e o resto do planeta não fique tão comprometido quanto a Groenlândia.

                                                                                                                                                                    Leia também

                                                                                                                                                                    Notícias
                                                                                                                                                                    26 de fevereiro de 2024

                                                                                                                                                                    Associação de servidores ambientais do Acre pede apoio de parlamentares do estado

                                                                                                                                                                    Asibama-AC enviou ofício a deputados federais e senadores acreanos solicitando apoio público à mobilização pela reestruturação da carreira e demais demandas da categoria

                                                                                                                                                                    Análises
                                                                                                                                                                    26 de fevereiro de 2024

                                                                                                                                                                    A “descupinização” do licenciamento ambiental paulista

                                                                                                                                                                    Temer a municipalização do licenciamento de atividades de alto impacto ambiental é condenar o município sem dar a chance de ele provar sua capacidade técnica

                                                                                                                                                                    Colunas
                                                                                                                                                                    26 de fevereiro de 2024

                                                                                                                                                                    Saúde, meio ambiente, políticas públicas: a dengue mostra que está tudo interligado

                                                                                                                                                                    Para que as pessoas compreendam as suas realidades e os perigos da doença, o jornalismo tem como função social colaborar com os alertas, dar informações e instruções, tanto quanto possível, para diminuir o número de pessoas afetadas

                                                                                                                                                                    Mais de bet é permitido no brasil

                                                                                                                                                                    Deixe uma resposta

                                                                                                                                                                    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

                                                                                                                                                                    bet é permitido no brasil Mapa do site