Notícias
4 de agosto de 2004

Não é bem assim

Da caixa postal: Na última a semana de junho a comunidade científica brasileira resolveu comprar briga com um funcionário da Receita Federal no aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Alegando que as amostras de arraias africanas trazidas por pesquisador brasileiro para o país não tinham a documentação necessária para entrar no país, jogou todas elas no incinerador. Os cientistas ficaram indignados. Em carta aos ministros da Ciência e Tecnologia, Agricultura, Meio ambiente e Justiça, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência chamou o servidor que decidiu tocar fogo nas amostras de obscurantista e acusou a burocracia federal de querer impedir o desenvolvimento científico no Brasil. Tem gente no entanto achando que os doutores estão exagerando. Dizem que o funcionário apenas cumpriu com seu dever e que as restrições à importação e exportação de material biológico, antes de atrapalharem a pesquisa, ajudam a impedir a biopirataria e o tráfico de espécies. Acusam os medalhões da ciência brasileira de quererem fazer pesquisa no Brasil com material estrangeiro trazido em suas malas.

PorRedação r bet365
4 de agosto de 2004
Notícias
4 de agosto de 2004

Adeus às araucárias

Da caixa postal: No dia 28 do mês passado, enquanto o Ibama multava os proprietários de duas áreas no município de Candoi, no Paraná, em R$ 283 mil por terem desmatado irregularmente 145 hectares de terra, a derrubada de árvores corria solta à centenas de quilômetros dali, no município de Itaiópolis, Santa Catarina. O alvo era uma floresta de Araucárias – as mesmas árvores que em sua maioria tombaram em Candoi. Estava sendo arrancada do chão com o auxílio de tratores-esteira. George Wolheim Jr fotografou a área de mato destruída em Santa Catarina e enviou a redação de O Eco mensagem onde diz que o Brasil está prestes à se despedir de um de seus mais importantes ecossistemas: o da floresta de araucárias. Hoje, nos resta apenas 0.7% do que ela foi um dia.  

PorRedação r bet365
4 de agosto de 2004
Notícias
4 de agosto de 2004

Conversa

A Associação Brasileira da Infra-Estrutura e Indústrias de Base (Abdib) está discutindo com técnicos do ministério do Meio Ambiente maneiras de tornar mais rápido o processo de licenciamento ambiental de obras de grande porte no Brasil. Já fez várias propostas. Sugeriu, por exemplo, criar cadastro na Internet com o nome organismos e consultores considerados referência

PorRedação r bet365
4 de agosto de 2004
Notícias
4 de agosto de 2004

Use o Eco

Publicações brasileiras que desejarem comprar os direitos de uso de reportagens, colunas, notas ou imagens de O Eco deverão entrar em contato...

PorRedação r bet365
4 de agosto de 2004
Colunas
4 de agosto de 2004

Para começo de conversa

O Brasil tem os instrumentos jurídicos para a luta contra a degradação ambiental, mas falta informação. Nos EUA, a situação é bem diferente.

PorRafael Corrêa
4 de agosto de 2004