Colunas
4 de agosto de 2023

O ponto climático do não retorno 

O Acordo de Paris passou a ser uma agenda secundária. Quem se senta à mesa de negociação faz o discurso da sustentabilidade, mas rema em direção à sua segurança doméstica e interesses geopolíticos

PorCarlos Bocuhy
4 de agosto de 2023
Petropolis-fev-2022-3-Carl-de-Souza-AFP.
Colunas
15 de junho de 2023

A Torre de Babel das mudanças climáticas

As incongruências vão da velha tática da obstrução ao diversionismo parlamentar. Não é de hoje que os interesses nacionais se sentam à mesa das negociações climáticas apenas em defesa de interesses econômicos e geopolíticos domésticos

PorCarlos Bocuhy
15 de junho de 2023